CRB faz 2 a 1, vira em cima do Paysandu e elimina os paraenses da Copa do Brasil

O Paysandu Sport Club está eliminado da Copa do Brasil de 2021. Nesta terça-feira, 13, no Banpará Curuzu, o Papão até saiu na frente com gol de Israel, porém, o CRB virou o jogo com gols de Diego Torres e Hyuri. Os alagoanos seguem na terceira fase da competição, enquanto os paraenses perderam uma premiação de quase R$2 milhões.

Agora o Papão volta a campo no próximo sábado, 17, pelo Campeonato Paraense, contra o Tapajós. O jogo é pela sexta rodada do Parazão.

O jogo

Com direito a planar eletrônico novo, o Paysandu foi para o confronto com o que tinha de melhor. Itamar Schulle mandou para campo um time no 4-3-3, com Nicolas, Igor Goularte e Ari Moura no comando de ataque.

E o jogo começou quente para o Papão. Logo aos cinco minutos, Igor Goularte recebeu na esquerda, olhou para a área do CRB e cruzou. Nicolas não alcançou no primeiro pau, mas Ruy apareceu na cara do gol e desviou por cima, sem perigo.

E a primeira chegada com perigo do CRB foi aos 20 do primeiro tempo. Lucão do Break ganhou no corpo da defesa do Paysandu, saiu cara a cara com Victor Souza e rolou para Diego Torres, livre de marcação e sem goleiro. O camisa 10 finalizou, mas Perema se jogou de carrinho e salvou o Papão.

Aos 43, Paulinho fez grande jogada individual e tocou para Israel na área, que deu uma caneta em Diego Ivo e bateu no canto, tirando de Diogo Silva, para deixar o Papão na frente.

Mas o CRB reagiu rápido. Dois minutos depois, Ratinho e Perema bateram cabeça, Diego Torres recebeu a bola de presente na área e mandou uma bomba de canhota, empatando o jogo na Curuzu.

E logo no início do segundo tempo faltou concentração ao time do Paysandu. Aos dois minutos, Calyson bateu fechado, Nicolas raspou de cabeça e sem querer deixou Hyuri livre no segundo pau, para só empurrar para dentro do gol. Foi a virada do CRB.

A resposta do Papão foi aos 24. Igor Goularte chutou de longe, na entrada da área, e por pouco não fez um golaço. A bola passou tirando tinta do travessão.

Para tentar a pressão, Itamar Schulle promoveu a entrada de Gabriel Barbosa e ele quase deixa tudo igual na Curuzu.  Aos 35, Nicolas acertou passe de cavadinha para Robinho, que cruzou na área. Gabriel Barbosa dominou de costas para o gol, girou e finalizou, mas a bola desviou em Gum e bateu no travessão.

Fonte: romanews.com.br

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *