SUS corta um milhão de cirurgias por causa da pandemia

A pandemia do coronavírus fez com que o Sistema Único de Saúde (SUS) realizasse, em 2020, quase 1 milhão de cirurgias a menos do que em 2019, ou seja, uma redução de 20% no período, segundo um estudo realizado a partir de informações registradas do Datasus. Conforme os dados da pesquisa, foram 4 milhões de procedimentos, na comparação com 5 mil

O crescimento da doença fez com que muitos hospitais suspendessem ou reduzissem as cirurgias eletivas a fim de centralizar recursos (leitos, pessoal, medicamentos) no atendimento à população contaminada pelo coronavírus. A previsão é de um cenário ainda pior ao menos neste primeiro semestre de 2021, com hospitais em colapso tanto na rede pública quanto na privada. A fila de cirurgias do SUS, que já era extensa antes da pandemia, deve ficar mais intensa nos próximos anos. 

Na comparação com a média dos quatro anos anteriores, feita para suavizar eventuais efeitos extraordinários nos números, as quedas ainda são expressivas: 15% para o total das cirurgias e 35% para os procedimentos eletivos. As cirurgias emergenciais caíram apenas 1,1% nessa comparação.

Na rede particular, a redução nos procedimentos eletivos também ficou em cerca de 40%, segundo Adelvânio Francisco Morato, presidente da Federação Brasileira de Hospitais (FBH). Morato pondera que, a despeito de não serem considerados emergenciais, muitos casos exigem tratamento tempestivo. “Existem aquelas cirurgias puramente estéticas, que entram na conta, mas as outras são necessárias para que não se tornem casos de emergência”, diz.

Fonte: romanews.com.br

One comment

  1. Hey there! Someone in my Facebook group shared this site with us so I came to check it out. I’m definitely loving the information. I’m book-marking and will be tweeting this to my followers! Superb blog and wonderful style and design.|

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *