‘WandaVision’ rompe com padrão dos filmes e é começo ousado para séries da Marvel

Primeira série estrelada por heróis do universo cinematográfico da editora estreia nesta sexta-feira (15) no Disney+.

Depois de mais de 20 filmes nos últimos 13 anos, o universo cinematográfico da Marvel é um sucesso inegável. A primeira série estrelada pelos heróis dos filmes, “WandaVision”, mostra que o estúdio não tem medo de quebrar o padrão responsável por bilhões de dólares em bilheterias.

Estrelada pelo casal Wanda Maximoff e Visão, interpretado mais uma vez por Elizabeth Olsen e Paul Bettany, a produção estreia seus dois primeiros episódios nesta sexta-feira (15) na plataforma de vídeos Disney+. O resto da temporada de nove capítulos no total sairá semanalmente.

Sem grandes sequências de ação, “WandaVision” é a maior ruptura da forma de contar histórias do estúdio até o momento – e um começo promissor que pode levar as adaptações dos quadrinhos a novos públicos.

A série até pode ser estrelada por super-heróis dos quadrinhos e cinema, mas está longe de parecer pertencer ao gênero.

Ignorando o fim trágico do sintozóide (humano sintético) em “Vingadores: Guerra Infinita” (2018), a história começa com a mudança do casal para um típico subúrbio americano, tirado direto de uma comédia da TV dos anos 1950 ou 1960. Casa grande, gramado com arbustos bem cuidados e até fotografia em preto e branco.

Tudo lembra uma produção da época. Do figurino ao humor físico com direito a risadas nas gravações, “WandaVision” seria apenas uma ótima homenagem a programas no estilo “I love Lucy” – não fosse pela constante sensação de que há algo de errado entre tanta perfeição.

Fonte: globo.com

Comentar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *